Ator Caike Luna, de “Zorra Total”, morre após luta contra câncer.

ANÚNCIO
ANÚNCIO

A luta diária contra o câncer atinge milhares de pessoas ao redor de todo o mundo, causando dor e sofrimento a diversas famílias. Caike Luna é mais uma vítima de tal doença que por si só, já é uma luta constante pela sobrevivência. Talvez, para a nova geração, não causa tamanho impacto, mas saiba que Caike Lune, divertiu milhares de brasileiros no programa “Zorra Total”.

Então, se você é dos meados dos anos 90/2000, sentirá o peso, assim como para muitos fãs está sendo, e também, a família do ator. E para os desinformados, Caike responsável por interpretar o personagem Cleitom em Zorra Total. Junto de Lady Kate (Katiuscia Canoro), ambos faziam algazarras no trem do zorra.

Caike Luna e Katiuscia Canoro

A história de ambos era mais que só um programa, ambos tinham uma irmandade bastante unida. Afinal, são anos de convivências, trabalho, amizade e muito amor envolvido. Se tratando dos dois, também eram um ótimo par dentro de Zorra Total. Trabalho que requer uma combinação forte, e ambos os faziam muito bem. Abaixo, relembre um pouco de Cleitom e Lady Kate atuando juntos no programa Zorra Total.

Lady Kate – Garota do Tempo [24/04/09] | Programa Zorra Total

O luto vem para todos, os mais próximos são os mais afetados. Então, com Katiuscia Canoro, não seria diferente, onde a mesma publicou em seu Instagram o comunicado de adeus a Luna, “É com a maior tristeza do mundo que venho comunicar a partida do meu irmão”.

Instagram

Luta contra o Câncer

ANÚNCIO
ANÚNCIO

O ator Caike Luna, veio a óbito na manhã de domingo (3). Após uma longa luta contra o câncer desde abril. O intérprete de Cleitom estava em tratamento contra um linfoma não-Hodgkin, que ataca o sistema linfático.

Em abril, Caike usou seu Instagram para informar que estava diagnosticado com o mesmo câncer de Reynaldo Gianecchini em 2011. “Quando esse vírus da vida real bateu lá em casa e levou meu pai, fiquei triste, perdi peso, perdi um pouco meu dom de iludir. Daqui a pouco colocarei um cateter para iniciar um tratamento contra um linfoma não-Hodgkin que me habitava enquanto eu iludia”, declarou.

“Não podemos deixar que a realidade nos sequestre a capacidade de voar apenas fechando os olhos. Ela sempre vai tentar. Vida real. Qualquer recado, me mandem por Jesus, o Cristo. Estarei sedado, mas ele, comigo e com que crê, não dorme nunca. Então acorda para cuspir que o tempo muge”, completou.

Leia Também:

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Thalisson Gabriel

Estudante de Analise e desenvolvimento de sistema. Gosto de tecnologia e afins, e também gosto de coisas relacionadas ao mundo geek. Escrevo para o Poucas ideias, e também para outros sites, que pertencem ao Grupo SED.

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo