Monark está fora do flow após apologia ao Nazismo

Não é de hoje que a internet comenta sobre certos assuntos que o youtuber Monark, ex-sócio do famoso Flow PodCast. Vários comentários nos mais diversos assuntos, afinal o intuito do programa em si é sobre a liberdade de expressão. Podendo falar de tudo, e com todos. Contudo, durante o episódio 555, aconteceu o fato que muda toda a carreira do Monark dentro do programa.

Durante o episódio de mais um podcast com os participantes Kim Kataguiri e Tabata Amaral. Após longas horas de conversas tudo ocorria bem e tranquilo, até entrarem em debates políticos e liberdade de expressão. Onde por si só chegou ao infame assunto cujo é polemico no mundo todo, sendo sobre o Nazismo.

Já sabemos que algumas coisas não se misturam, pois podem ser mal interpretadas, ou levadas ao pé da letra. Onde, toda ação tem uma reação, e não foi diferente pro Monark, após mencionar que deveria existir um partido nazista, legalizado e gerido por lei. Não demorou muito até as consequência dessas falas, rondarem toda a internet, levando a sérios fatores a serem tomados internamente dentro do programa do Flow PodCast.

“O Flow Podcast surgiu de um sentimento de liberdade, pluralidade e transparência. Com isso, carregamos a responsabilidade de nos conectar com milhões de pessoas e é inevitável que grandes decisões exijam grandes responsabilidades”, post publicado no Instagram.

Saída do Monark do Flow PodCast

Monark é desligado após apoio ao partido nazista.
Reprodução: Monark em Flow PodCast.

Após realizar um comentário, defendendo que deveria existir um partido nazista, as cobranças vieram, a internet se mobilizou. Chegando a ser tópico em vários portais e canais de noticias. Uma grava e severa consequência chegou para o YouTuber e Influencer, Bruno Aiub, conhecido como Monark.

Com os eventos do episódio 555 do Flow PodCast, e a internet começar a comentar, fora a gravidade de defender tal ato. Seria tolice não achar que geraria consequências, levando o desligamento do criador e sócio, junto ao Igor Coelho (conhecido como Igor 3K).

Ou seja, após uma longa conversa interna, com toda equipe jurídica e proprietária do programa, foi decidido que o desligamento é uma forma de manter o programa. Com isso, visando, proteger a imagem do programa, não associando a qualquer ato e apoio ao nazismo. Visando proteger mais de 80 empregos, cujo a equipe do flow emprega, e não associando as marcas patrocinadas, ou qualquer projeto futuro para melhoria do programa.

O feito ocorreu na última terça-feira, ou seja, ontem, dia 08/02, após longas horas de conversas e bebidas. Ainda assim, o Monark veio a redes sociais, se lamentar pelo ocorrido, que se precipitou, e admitiu estar errado sobre a opinião de defender um partido nazista. Afinal, a partir do momento em que se defende algo que faz apologia a violência e extermínio. Seja por raça, crença, cor, ou qualquer tipo de indiferença, não condiz com o direito de liberdade de expressão, por estar tirando o direito do oprimido.

Retirada do programa do Ar

Bastou apenas um dia, para o assunto repercutir a internet toda, e como só não bastasse o que foi falado no programa. Os participantes cujo estavam presente no episódio 555, solicitaram a retirada do episódio do ar. Com isso, você não encontra mais a entrevista/podcast na plataforma do flow. Sendo retirada de qualquer plataforma digital. Afinal, tudo com intuito de visar a proteção daqueles presentes no programa.

Contudo, sabemos que a internet é um caminho dito, “terra sem lei”, onde algo ‘cai’ dentro dela, retirar é bem difícil. Então, não apoie esse tipo de comentários, ou ações que leve a um ato tão repudiante, lembre-se, todos tem o direito de viver e ninguém é melhor que ninguém.

Leia Também:

Thalisson Gabriel

Estudante de Analise e desenvolvimento de sistema. Gosto de tecnologia e afins, e também gosto de coisas relacionadas ao mundo geek. Escrevo para o Poucas ideias, e também para outros sites, que pertencem ao Grupo SED.

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo