Mito de Capricórnio! Conheça sua Origem.

ANÚNCIO

Capricórnio é o décimo signo do zodíaco, sendo o zênite da vida individual. Onde o clico preparatório de suas energias vitais está completo, e se transforma em substância. No hemisfério norte, começa o inverno na superfície da terra, enquanto os seres humanos buscam refúgio e proteção, tudo parecendo imóvel e inerte. Mas, dentro das camadas mais profundas, as sementes aguardavam o momento de nascerem. E essa é a primeira característica de Capricórnio, uma vida oculta, lenta e tanaz, mas disfarçadamente por uma camada de indiferenças.

Origem de Capricórnio.

Capricórnio – Décimo signo do zodíaco.

Existem vários mitos ilustrados pelo signo de Capricórnio. Na antiga mitologia babilônica, o deus Ea, cujo era metade cabra e metade peixe, era o senhor das águas primordiais da criação. Em sânscrito (a língua antiga da Índia), o termo “Capricórnio” refere-se a outro animal nadador, sendo o crocodilo, testemunhando sua dupla natureza: a matéria (consciente) emerge das águas (inconsciente), que irá para o infinito (espírito).

A qualidade do peixe é mística e sacrificial: para se tornar divino, é preciso sacrificar o humano. Uma cabra durante uma cerimônia em homenagem ao deus grego Dionísio (Baco, para os romanos) foi sacrificado a um deus. Assim, o sacrifício leva à transcendência daquele que é de nível inferior para superior.

Com a lenda da cabra Amaltéia é um grande exemplo desse sacrifício de exaltação. Amaltéia era uma cabra que alimentava o deus Zeus com leite tirado de seu chifre, uma cornucópia.

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Isso fez com que os deuses decidirem que a cabra deveria ser escondida em uma caverna isolada porque era muito assustador de ver! E ela poderia perturbar o pequeno Zeus. Ao crescer, Zeus teve que enfrentar os terríveis Titãs, os deuses gigantes que foram os ancestrais dos deuses olímpicos, e desafiou suas pretensões de tomar o poder. Zeus precisaria de uma arma para lutar contra os titãs e o oráculo, e foi aí que sugeriu que ele matasse Amaltéia e colocasse em sua pele, tornando-se indestrutível.

Característica de um Capricorniano.

Neste mito, conseguimos ver o significado trágico do sacrifício de Capricórnio. Onde serviu aos outros e morreu pelo bem comum (daí a expressão “bode expiatório”). Capricórnio assume um significado bem trágico, porque seu sacrifício exalta as qualidades divinas que devem triunfar sobre as qualidades humanas. Neste signo, toda a experiência do processo de identificação é coletada. Somente na expiação e na solidão Capricórnio saberá o significado de seu próprio destino.

Mas, atualmente, como isso se manifesta nas pessoas?  Afinal, ao longo de vários e vários anos de estudo e pesquisas, e várias outras formas de se tratar sobre a astrologia. Além disso, as pessoas desse signo possuem suas características únicas, e que talvez a maioria das pessoas detentoras desse signo, se veem da mesma forma.

Ou seja, aqueles do qual pertencem a esse signo, são pessoas com ambição, bastante determinadas, e incansáveis em suas metas. Sendo Regidas por Cronos, o Senhor do Tempo, conseguem ser bastante pacientes e conectadas no tempo necessário para atingir suas metas. Mas, não acaba por aí, também sendo materialistas, os nativos de Capricórnio são bastante conservadores, estáveis, provedores e paternais. Adoram prover suas famílias, e na maioria adas vezes, são muito machistas, seja homem ou mulher.

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Thalisson Gabriel

Estudante de Analise e desenvolvimento de sistema. Gosto de tecnologia e afins, e também gosto de coisas relacionadas ao mundo geek. Escrevo para o Poucas ideias, e também para outros sites, que pertencem ao Grupo SED.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo